Header Ads

Header ADS

Acidente deixa um morto e seis feridos em área rural de Guajará-Mirim

Ontem (08) por volta de 09h30min da manhã guarnições da Polícia Militar e uma unidade resgate do Corpo de Bombeiros foram chamados às pressas para atender um grave acidente na estrada que dá acesso ao Ramal Lago das Garças, a cerca de 45 quilômetros já na área Rural de Guajará-Mirim.

Quando a viatura chegou ao local, os policiais encontraram um veículo Fiat Strada de placa NDM 8870, tarjeta de Porto Velho de cor preta fora da estrada, e um caminhão VW/25.420 CTC 6X2 placa AZJ-8810 de Ponta Grossa (Paraná), que também estava fora da via.

Os policiais relataram que o corpo de Bombeiros já se estava no local realizando atendimento às vítimas que estavam feridas, mais de imediato informaram o falecimento no local de Juan Rodrigues Guarena de 45 anos, os demais foram socorridos ao pronto socorro do Hospital Regional.
O motorista do caminhão Rivelino Bertassoni disse aos policiais que seguia com seu caminhão pelo ramal Lago das garças sentido zona urbana da cidade , quando se aproximava do km 45 , em uma curva, ele viu vindo em sua direção em alta velocidade o Fiat Strada, e quando percebeu que o choque seria inevitável ele Freou caminhão e manobrou para fora da estrada, tentando evitar a batida, mas não teve jeito.

O choque foi frontal, no Fiat Strada, tinham 06 pessoas, três delas eram transportadas na carroceria: Carlos Daniel Sangines Rodrigues, uma criança de 10 anos e a vítima fatal Juan Rodrigues Guarena de 45 anos que morreu na hora.
Juan residia na Avenida Princesa Isabel 2525 no bairro da serraria, ele foi arremessado na hora do choque, Carlos Daniel que também estava na carroceria estava consciente e reclamando de dores pelo corpo.

O menino de 10 anos estava também consciente porém assustado com a batida, mais estava orientado.
O motorista do Fiat era TOMAS PAREDES CUQUI de 38 anos que estava com dores em todo o corpo e provocava muito sangue, o que dava sinas de uma possível hemorragia, por isso foi conduzido às pressas ao hospital regional.
No carro ainda tinha uma mulher Gislane Sangines e uma criança de apenas dois anos que sofreram ferimentos no rosto e em outras partes do corpo.
O motorista do caminhão nada sofreu, ouvindo testemunhas no local a polícia descobriu que o motorista do Fiat havia ingerido bebidas alcoólicas o caminhão foi liberado no local, já que não havia problemas na documentação, o Fiat Strada ficou sob os cuidados de um morador local senhor Rafael Cuellar Pereira, que se prontificou a ficar sob sua responsabilidade até que o proprietário fosse buscá-lo.
O motorista TOMAS PAREDES CUQUI era habilitado apenas na categoria A e a habilitação estava vencida a mais de 30 dias.

Fonte: Agora Guajara

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.