Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Novas imagens do acidente com vitima fatal na estrada do palheta mostram a dimensão do choque entre as motos


Novas imagens revelam como ficaram as motos envolvidas no acidente que vitimou Juan Gabriel Chinxon Duran de 28 anos, de nacionalidade boliviana e que faleceu na madrugada de domingo (12) , na estrada do palheta próximo ao ramal do Paraná na área da Comara.

De acordo com a polícia o choque foi frontal, entre uma BIZ e uma Titan, e coincidentemente, a BIZ era conduzida por um sobrinho da vítima.

Consta em ocorrência policial, que a Titan de cor verde de placa NBC-0674, que era conduzida por Juan Gabriel Chinxon Duran, estava com o farol apagado e no momento da colisão ele não usava o capacete de segurança.

Ele seguia da Comara para cidade, na contra mão e no sentido oposto trafegava a BIZ de cor verde de placa NCZ-5015, conduzida pelo o sobrinho dele, Marinilson Duran Monteiro, que tinha na garupa da moto, Lenilson Pereira Mercado, o “Léo”.

Em entrevista concedida ao site agoraguajara.com, a única testemunha do acidente o Léo que era passageiro da BIZ, disse que o choque foi muito violento e praticamente inevitável, já que chovia bastante e a visibilidade era pequena.

Ele informou que logo após a colisão os três caíram ao solo, sendo que o tio, Juan Gabriel bateu violentamente a cabeça e sofreu perca de massa encefálica, e permaneceu desacordado.

Léo disse que sofreu uma forte pancada no pé esquerdo e havia suspeita de fratura em um dos ossos do pé, o sobrinho Marinilson ficou com a perna presa entre os pneus da moto, e Léo mesmo machucado ajudou a retirar a perna de Marinilson.

Léo lembra que saiu em busca de socorro, tendo em vista que não passava ninguém no local para socorrer as vítimas, ele conta que correu até a residência de parentes e ligou para o corpo de bombeiros, e a unidade resgate do corpo de bombeiros foi designada ao local.

Os três foram socorridos, e de acordo com a ocorrência registrada pela corporação de bombeiros, Juan Gabriel já deu entrada no pronto socorro do hospital regional com um principio de parada cardiorrespiratória, e faleceu minutos depois.

O sobrinho Marinilson, teve o capacete quebrado e sofreu um corte profundo no céu da boca, e foi encaminhado a Porto Velho com fratura na clavícula e suspeita de traumatismo craniano.

O representante do site Agora Guajará, esteve no local do acidente, e colheu imagens do local da batida e das condições que ficaram os veículos envolvidos no acidente.


Fonte: Agora Guajará

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.