Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Mulher de Guajará morre de coronavírus em Porto Velho durante a madrugada


O anuncio da morte de mais três pessoas por Coronavírus em Porto Velho, causou medo e preocupação por parte da população de Guajará-Mirim, tendo em vista que entre as vítimas fatais estava uma senhora de 57 anos natural de Guajará.

O secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, anunciou durante a coletiva que os pacientes estavam internados na Unidade de Assistência Médica Intensiva (AMI), da Capital.

De acordo com o secretário, entre as vítimas fatais está uma paciente de 62 anos, diabética, que morava no município de Humaitá, no Amazonas, um homem de 67 anos, morador da Capital, que fazia tratamento contra o câncer e uma mulher de 57 anos, natural de Guajará Mirim, que também tinha diabetes, e que estava em Porto Velho se recuperando há algum tempo.

Ele ainda informou que a paciente pode ter contraído a doença no Hospital João Paulo II, onde o número de infectados chegou a 99, cinco servidores que testaram positivo para a doença, foram curados e já retornaram as atividades. Outros 123 profissionais, que fizeram exame para Covid-19, apresentaram resultado negativo e estão trabalhando.

Logo após o anuncio um sério de informações ganharam destaque nas redes sociais dando conta que a mulher havia saído de Guajará-Mirim com suspeitas.

Mais no inicio da tarde a Coordenadoria de Comunicação Social da prefeitura do município de Guajará-Mirim através da Secretaria Municipal de Saúde, e Núcleo de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (NUVEPA), emitiu uma nota informativa dizendo que a paciente que foi a óbito durante a madrugada desta quarta-feira (29) em Porto Velho-RO, é uma senhora de 57 anos, que foi encaminhada de Guajará-Mirim para o Hospital João Paulo II, em Porto Velho, no dia 06 de abril de 2020.

Quando ela foi ela havia sido diagnosticada com Formação de Cálculos Biliares e com a Inflamação na Vesícula Biliar, a nota diz ainda que desde essa data a paciente não retornou a Guajará-Mirim. Portanto, não foi encaminhada como suspeita de COVID-19. A infecção foi contraída em Porto Velho.

Fonte: Agora Guajará

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.