Header Ads

Header ADS

Serviço de Investigações Vigilância e Capturas recupera moto que seria cruzada para Bolívia e prende traficantes em Guajará-Mirim


No inicio da noite da última sexta-feira (10) uma mulher de 66 anos prestou queixas ao comissário de plantão dizendo que há pouco tempo comprou uma motocicleta Honda Bis 125, de cor azul, placa NDB 1039, e por volta de 07h00min da noite de sexta, ela estava em casa na Toufic Melhem Bouchabiki no Jardim das Esmeraldas, quando chegou seu filho e a esposa que sem autorização pegou sua moto e saiu sem avisar quando devolveria o veículo.

A mulher disse que antes de comunicar o fato a polícia, informou o ocorrido ao uma pessoa de sua confiança, e que essa pessoa buscou informações, e descobriu que a motocicleta estava no Bairro Triângulo e que certamente seria transportada para o lado Boliviano, em virtude dessas informações a mulher prestou queixas e pediu providencias.

Durante a tarde de sábado (11) quando o Serviço de Investigações Vigilância e Capturas investigava o ocorrido, os policiais passaram a observar uma casa onde suspeitavam que a moto estivesse escondida.

Para tentar localizar a moto sem que os suspeitos observassem a presença, os policiais usaram pontos estratégicos, com o auxílio de binóculo, perceberam Diego S. J de 33 anos saindo de uma residência e tentando adentrar em uma casa na Avenida Princesa Isabel, nº 910 no bairro Triângulo, recebeu ordem de parada, mais reagiu a (socos e empurrões) contra os policiais, arremessando inclusive uma fralda, sendo que no interior da mesma, havia uma balança de precisão B-MAX e dois invólucros envoltos em material transparente com razoável quantidade de entorpecente, possivelmente cocaína, segundo o próprio Diego.

Diante das reações do elemento foi necessário usar a força física e o emprego de algemas para conter o rapaz, após ser detido ele confirmou que certa quantidade de droga havia sido fornecida para um rapaz conhecido por “Batata”

Com as informações de Diego, os policiais seguiram até a casa de “Batata” na Avenida Boucinha de Menezes no mesmo bairro, na casa a polícia encontrou Evilásio S. C de 29 anos conhecido por “Batata” a esposa e 04 crianças, durante a abordagem ele apresentou maconha e cocaína que ele alegou na frente de todos que seria para o próprio consumo.

Mas a polícia encontrou indícios que no local, funciona um ponto de venda substancias entorpecentes, como apetrechos utilizados para embalara droga, mas diante disso, Evilásio que se resguardou ao direito de ficar em silêncio.

Nos fundos da residência de “Batata” os policiais encontraram a moto que os policiais procuravam que já teria sido negociada com um boliviano que tinha contrato Evilásio para realizar a condução para o país vizinho.

Os dois foram conduzidos e apresentados ao comissário de plantão.



Fonte: Agora Guajará

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.