Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Em menos de 24hs cidade registrou um aumento de 58 casos confirmados e já é o segundo em números de mortos em Rondônia


A quarentena decretada em março por prefeitos e pelo governador de Rondônia promoveu uma queda substancial na taxa de contágio do novo coronavírus no estado. 

Mas, ao contrário do observado em alguns municípios de Rondônia que adotaram medidas de isolamento social, em Guajará-Mirim, aparentemente houve um despreparo sem tamanho por parte das autoridades e isso está refletindo todos os dias e os números de casos e mortes por COVID-19 não para de crescer, oque mostra um completo descontrole mesmo com o auxilio do governo do estado.

A cidade que faz fronteira com a Bolívia registrou o seu primeiro caso no dia 29 de abril, ou seja, há exatamente um mês, e durante esse tempo o município viu números e mais números de mortos e infectados crescerem de forma assustadora.

Foram 20 mortes, sem contar três óbitos de moradores de Guajará, que foram contabilizados 02 por Porto Velho e um por Ariquemes, e o município voltou a registra mortes entre terça e quarta, e viu um aumento significativo de infectados, chegando a 182 casos confirmados.   

Os números mais desesperadores ocorreram na noite de terça para quarta-feira, quando os casos confirmados avançaram descontroladamente, na terça o número de infectado era 124 e 18 mortos, no boletim subsequente publicado no inicio da noite de quarta, já eram 20 mortos e 182 infectados, um aumento de 58 casos em menos de 24 horas.

Esses números mostram um completo despreparo de um governo que parece não ter noção da gravidade dos fatos, e nenhuma medida para evitar esse crescimento desenfreado é tomada.

O prefeito já enfrentou três manifestações publicas nos últimos 15 dias, e na última realizada durante a tarde de sábado (23), os manifestantes pediram a renúncia do chefe do poder executivo que reagiu com desdenha, dizendo que os protestantes não significam a vontade do povo de Guajará.

A Câmara municipal continua avaliando uma possibilidade de afastamento do prefeito, mais sem emitir nenhuma nota pública o que certamente daria uma pouco mais de tranquilidade aos moradores que foras às ruas nos últimos dias.

O site Agora Guajará espera que o governo do estado intervenha com mais força e que o governo federal tome conhecimento desses números de casos desenfreado para uma cidade com apenas 52 mil habitantes que tem registrado tantas mortes por Covid 19.

Fonte: Agora Guajará


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.