Header Ads

Header ADS

GUAJARÁ-MIRIM: A revolta da população com o alto número de mortes pode forçar câmara de vereadores a afastar o prefeito Cícero Noronha!


O município de Guajará-Mirim-RO, com cerca de 46 mil habitantes, tem sofrido muito com o alto número de pessoas infectadas pelo coronavirus-Covid-19, 24, até hoje. Em termos proporcionais, o município tem o maior índice de mortes no Estado de Rondônia, 08 mortes até esta quinta-feira (14).



 O número de óbitos causou nos últimos dias um clima de muita tensão e a população está muito irritada com a administração municipal, além de muito assustada. O medo tomou conta da cidade, o desespero é muito grande. A revolta da população não é somente com o alto índice de mortes, mas também com a falta de ações eficazes do prefeito da cidade, com relação à adoção de medicas concretas que protejam a sociedade. O prefeito tem buscado, através de LIVES que faz com alguma frequência, convencer a população de que está tudo bem, mas as falas do chefe do executivo municipal causam muito mais revolta e indignação, inclusive em uma das suas lives, um internauta pediu a renuncia do chefe do poder executivo.


 Por outro lado, o Secretário Municipal de Saúde, Sr. Douglas Dagoberto (DEM), não apresentou um plano de ação para sua pasta, neste momento de crise, e preferiu fazer críticas aos profissionais da saúde do município. Como é de conhecimento de todos, em todos os lugares do mundo, os profissionais de saúde estão na linha de frente do combate à doença e criticá-los neste momento é um ato completamente inadequado. Após as críticas do secretário contra os servidores da saúde do município, a presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia (COREN-RO), Silvia Maria Neri Piedade, gravou um vídeo e rebateu as críticas de Douglas, afirmando que o problema está na falta de ação da administração do município.



Na tarde desta quinta-feira (14) a população ficou triste, chocada, revoltada ao tomar conhecimento da morte do Guajará-Mirense, Denny Santos Pedraza, incentivador cultural, regente das bandas Fênix e Anjos de Ouro. O trabalho que ele  fazia era com muito amor, dedicação e louvor, representando o município no estado de Rondônia e no Brasil, inclusive ganhando títulos de campeão com as bandas que eram muito bem regidas pela sua pessoa.  Hoje esta dedicação e este amor pelas bandas, foram duramente abatidos pelo descaso em que se encontra o setor de saúde em Guajará-Mirim-RO.


Nas redes sociais, a população manifestou o sentimento de revolta em relação ao descaso, lembrando que o prefeito Cícero Noronha (DEM) costuma fazer muito barulho como aconteceu durante sua campanha, quando se apresentou como o salvador da pátria, mas que tudo não passou de “blá, blá, bla´”. Naquela oportunidade, o povo ficou encantado, mas a situação mudou muito após a posse. A população comenta em todos os lugares da cidade que espera pelo fim do seu mandato.



Diante deste grande clamor popular e principalmente por causa do falecimento  de uma pessoa de conduta tão  ilibada, como  o cidadão Denny Santos Pedraza, surge uma pergunta aos excelentíssimos vereadores de Guajará-Mirim: INCAPACIDADE ADMINISTRATIVA PODE CASSAR UM PREFEITO? Na realidade, uma avaliação cuidadosa, por parte da Câmara de Guajará-Mirim, pode muito bem levar a Casa a interpretar que o prefeito Cícero Noronha feriu pelo menos um dos itens do Art. 4° da Lei 1.079. Caso os vereadores cheguem a essa conclusão, não está descartada a possibilidade de um afastamento do prefeito.

FONTE: AGORA GUAJARA

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.