Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Mandados são cumpridos em Guajará-Mirim durante operação Lockdow realizada nesta sexta-feira


Policiais civis foram às ruas de Rondônia durante a manhã desta sexta-feira (05), para o cumprimento de, em média, 78 mandados de prisões preventivas e decorrentes de condenações durante a segunda etapa da Operação Lockdown.

Nessa nova fase da operação o município de Guajará-Mirim também está incluído, Na primeira etapa, 11 foragidos foram detidos apenas no interior. Outros 10 mandados de busca e apreensão também foram cumpridos, além de terem sido encontradas drogas e munições.

O objetivo é prender pessoas condenadas por crimes de homicídio, furto, roubo, estupro, entre outros, que se habilitaram para receber o auxílio emergencial do Governo Federal.

"Estavam praticando uma fraude, fazendo declarações falsas. Algumas delas, inclusive, chegaram a receber o benefício. Entretanto, a Controladoria Geral da União (CGU), quando fez as pesquisas, os cruzamentos de dados das pessoas que se habilitaram para receber o benefício, constatou que diversas delas eram criminosas", disse o diretor do Departamento de Polícia Especializada da corporação.

A Polícia Federal (PF) irá investigar o crime de estelionato. Os presos também podem responder por falsidade ideológica pela fraude no auxílio emergencial.

Aqui em Guajará-Mirim foi preso nessa operação E P. S de 38 anos, na Avenida Guaporé bairro próspero.

O mandado dele atende uma determinação 2ª CAMARA CRIMINAL da Comarca de Rio Branco no estado do Acre.

O outro mandado cumprido foi o de N. B. P de 48 anos, que foi detido na Avenida Domingos Correia de Araújo no bairro da Liberdade.

O mandado veio da 2ª VARA CRIMINAL da Comarca de Guajará-Mirim.

Também foi conduzido na operação realizada hoje, N. T. F de 63 anos detido em casa na Avenida Don Pedro I bairro 10 de abril.

O mandado dele foi expedido pela 2ª VARA CÍVEL da Comarca de Guajará-Mirim.

Outro preso na operação é M. S. G 39 anos detido ás 07h30min da manhã em casa na Avenida Nossa Senhora de Fátima no próprio bairro, o mandado dele vem da 1ª VARA DE FAMÍLIA da Comarca de Rio Branco no estado do Acre.

Teve um mandado que os policiais nem precisaram ir cumprir, eles procuraram o rapaz na fazenda onde ele trabalha e como ele não estava lá, os policiais voltaram e ele se apresentou na delegacia onde foi detido, J. N. C. F teve seu mandado expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Guajará-Mirim.

Até o inicio da noite de sexta-feira, a Polícia já havia cumprido em Guajará-Mirim, 05 mandados de prisão.

Fonte: Agora Guajará

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.