Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Morador do Iata alega que vem sendo perseguido por homem que vendeu uma área de terra no local


Durante a manhã desta terça-feira (30), um morador no Núcleo Agrícola do Iata de 44 anos, esteve na delegacia de Polícia Civil e disse ao comissário de plantão que adquiriu um lote de terra do Distrito do Iata, mais precisamente na Rua Roraima com Rua Ceará nº 634.

Disse que na época negociou o terreno por R$ 10 mil Reais, e que ao tentar regularizar a situação do terreno no INCRA, foi informado que o local não era negociável porque aquela Terra é da União.

Então em 2019, ele procurou o vendedor para fazer a devolução do terreno, e esse homem: “disse rapaz fique tranquilo ninguém vai mexer com você”.

Durante este tempo ele seguiu trabalhando e investindo na terra, fez plantações, montagem de aviário, instalação de luz e energia, buscou licença Ambiental e o Memorial da Terra e Cadastramento no Órgão SEFIM para nota fiscal produtor Rural.

De acordo com a vítima, nos últimos dias ele tem sido perseguido pelo homem que vendeu a terra, pois ele resolveu impedi-lo de trabalhar na terra e vem interferindo, chegando a destruir as plantações do local, e por isso ele pediu providencia que o caso requer.

Fonte: Agora Guajará


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.