Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Barreira sanitária fluvial é montada em Guajará-Mirim


Uma barreira sanitária fluvial foi montada em Guajará-Mirim (RO) entre os rios Pacaás Novos e Mamoré com o objetivo de levar atendimentos de saúde aos moradores ribeirinhos. Ela está funcionando desde o dia 25 de junho e permanece no local até 12 de julho.

A barreira foi criada pela equipe que coordena o Barco Hospital Walter Bártolo em parceria com o Governo do Estado. O coordenador do barco hospital, Giovani Guastala, explica que as pessoas que passam pelo local são abordadas, avaliadas por uma equipe médica, e se necessário medicadas.

"Qualquer tipo de embarcação que trafega nesse encontro de rios é abordada por uma equipe, que convida essas pessoas para que venham até a barreira sanitária e, com a nossa equipe de profissionais, se identificarmos algum sintoma da Covid-19, são convidadas a fazer o teste rápido. Se der positivo, temos toda a medicação aqui. Nós evitamos que essa pessoa vá até Guajará-Mirim, onde pode contaminar mais pessoas", diz.

Em uma semana, a barreira realizou cerca de 400 atendimentos e confirmou 152 casos de Covid-19, sendo 76 em indígenas e 76 em ribeirinhos.

A equipe que atua na barreira é composta por médicos, enfermeiros, técnico e farmacêuticos, e ainda conta com o apoio do Exército, Polícia Militar e órgãos que trabalham com indígenas.

Fonte: G1/RO

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.