Header Ads

Header ADS

VIDEO: EQUIPAMENTOS PARA HOSPITAL DE CAMPANHA CONTINUAM EM UM LOCAL ABERTO NOS FUNDOS DO HOSPITAL GUAJARÁ-MIRIM.

A administração municipal em Guajará-Mirim parece não ter muita pressa para reforçar a estrutura hospitalar, em relação ao combate à pandemia. Diversos equipamentos que chegaram ao município estão, há vários dias, dentro das caixas em um local aberto servindo como depósito. Esses equipamentos servem para melhorar as ações que visam diagnosticar a covid-19 e houve uma grande solenidade no dia em que foram entregues para o município, com a presença de diversas autoridades, entre elas o governador do estado e o secretário de saúde, Fernando Máximo. A solenidade aconteceu nas dependências do quartel da  Polícia Militar, em Guajará-Mirim.


A população tem demonstrado grande irritação com o prefeito Cícero Noronha Filho justamente pela falta de iniciativas que realmente sejam eficazes no combate à doença, porque dezenas de pessoas já foram vitimadas em Guajará-Mirim. A falta de estrutura nas unidades de saúde do município também prejudica o atendimento a pessoas que sofrem com outros problemas de saúde que não sejam a covid-19, porque as demais enfermidades não deixaram de existir. Entretanto, o descaso com que a administração age no combate à pandemia é motivo de muita indignação popular. Diversos vídeos que mostram os equipamentos ainda nas caixas, e outros descasos, foram enviados à redação do Guajará Notícias. A população da “Pérola do Mamoré” cobra ações mais enérgicas do prefeito e da secretaria de saúde municipal. Isso sem falar dos constantes protestos contra o governo do estado que prometeu e até hoje não cumpriu a conclusão da obra do Hospital Regional de Guajará-Mirim.

ASSISTA O VIDEO:


Com relação aos equipamentos que chegaram ao município, é necessário que técnicos  habilitados façam a montagem para deixar em pleno funcionamento. Entretanto, tudo indica que talvez cheguem ao município após a pandemia, porque até hoje não se tem nenhuma informação sobre quando estarão na cidade. Há informações de que o prefeito comprou muitos sacos desses próprios para usar em pessoas que morrem vítimas da covid-19. Se o município comprou sacos para isolar corpos e evitar a contaminação após a morte, significa que pode estar apostando que muitas pessoas irmão morrer. Ao contrário do prefeito, a população certamente não desejava a compra dos sacos para defuntos; mas sim a compra de equipamentos que ajudem salvar vidas.


Fonte: Guajará Noticias – João Teixeira DRT/RO 1052


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.