Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Segunda morte entre indígenas é registrada em Guajará-Mirim

 


A segunda morte por Covid-19 foi registrada em Guajará-Mirim (RO) nesta terça-feira (25). A paciente, de 39 anos, era da etnia Jabuti e morreu em Porto Velho, onde estava em tratamento. A mulher vivia na aldeia Sotério, localizada na região do Pacaás Novos, onde podem ser encontradas até 10 etnias.

 

Segundo informações da Saúde Indígena, a paciente começou a apresentar sintomas da doença no dia 22 de julho, e testou positivo em exame realizado no dia 30 do mesmo mês.

 

Grávida, ela estava em Guajará-Mirim, onde teria o bebê, mas passou mal e foi encaminhada para Porto Velho no início de agosto. Durante o mês, a mulher teve o filho, que passa bem, e continuou internada em tratamento contra o novo coronavírus.

 

Na madrugada desta terça (25), a indígena teve um agravamento no quadro clínico e não resistiu.

 

A primeira morte entre indígenas registrada no município foi a de um homem de 65 anos no dia 2 de agosto.

Fonte: G1/RO

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.