Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Proprietário de assistência técnica de celulares e relógios vende aparelho sem o consentimento de proprietária e o caso acaba na Polícia

 


Durante esta semana uma mulher de 45 esteve na Delegacia de Polícia Civil, para informar que no dia 11 de Maio deste ano, levou seu aparelho Celular J5 PRIME de cor dourada para trocar a tela que estava quebrada.

Esse aparelho foi levado para uma oficina supostamente de ASSISTÊNCIA TÉCNICA de CELULARES E RELÓGIOS localizada na Avenida Princesa Isabel, bairro 10 de Abril próximo a FUNAI.

Na época o proprietário pediu um prazo de 30 dias para entregar o aparelho pronto, pois segundo ele seria feito o pedido de uma nova tela de outra cidade.

O tempo passou, o prazo venceu, e a mulher foi à loja buscar o aparelho, mais o homem disse a ela que em virtude da pandemia, os pedidos de peças estavam demorando chegar, e ele ia atrasar um pouco para consertar o aparelho.

O homem pediu mais um prazo de quinze dias, e esses 15 dias venceram na ultima segunda-feira (14) e ela ao local novamente, mas o proprietário do estabelecimento disse que havia vendido o celular para outra pessoa, e alegou que ela demorou demais para ir buscar o celular.

Diante do caso a mulher registrou uma ocorrência e pediu providencias que o caso requer.

Fonte: Agora Guajará

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.