Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Polícia Civil deve abrir investigação para apurar a morte do Ten. Figueiredo e Sargento e quer descobrir se o grupo recebeu apoio tendo em vista que usavam arma de grosso calibre

 


A Polícia Civil deve abrir uma linha de investigação para descobrir como um grupo de posseiros da LCP, mataram o tenente da reserva José Figueiredo Sobrinho e feriram outras 7 pessoas, entre familiares de Figueiredo e policiais que foram emboscados pelos criminosos.

As investigações devem apurar as circunstâncias do crime, e se o grupo recebeu apoio de alguém, tendo em vista que os posseiros usavam armas de grosso calibre durante a ação criminosa. O grupo é considerado perigoso e em alguns momentos tiveram encontro com políticos na região de Campo Novo.

A Polícia Militar,  informou na manhã deste domingo (4) que encaminhou um efetivo de 60 homens com apoio de um helicóptero, onde ocorreu a morte do Tenente Figueiredo.

O local dos fatos é em uma fazenda a cerca de 30 quilômetros de Mutum Paraná. Os homens sofreram emboscada e foram feridos. “A equipe policial recuou, onde um dos policiais alvejados ficou no local, possivelmente inconsciente e outro se abrigou permanecendo no matagal. Que em razão do horário noturno, inviabilizou-se o envio de reforços para incursão na localidade onde os fatos ocorreram”, disse a PM em nota.

Para resgatar os dois soldados que ficaram na região, uma operação foi montada ainda na madrugada de sábado e encaminhada ao amanhecer para a região.

Fonte: Agora Guajará

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.