Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Policiais Rodoviários Federais com apoio de Policiais Militares e Civis prendem dois dos seqüestradores do motorista de aplicativo em Guajará-Mirim - FOTOS

 


Após o seqüestro do motorista de aplicativo Alex Sandre S. F de 34 anos ocorrido na noite de quinta-feira (04), quando ele foi amarrado e abandonado no ramal do Chiquinho na área da Comara em Guajará-Mirim.

Policiais do Serviço de Investigações Vigilância e Capturas, com apoio de policiais militares e do BPFron (Batalhão de Polícia de fronteira e Divisas), além de Policiais Rodoviários Federais iniciaram buscas na tentativa de localizar e prender os suspeitos do seqüestro seguido de roubo.

E em menos de 24 horas após o assalto, os três suspeitos foram abordados pela Polícia Rodoviária Federal na base cristal, em um taxi a caminho da capital.

Weslei Patrick da Fonseca de Souza de 23 anos morador de Porto Velho, Mateus Borba da Silva de 22 anos de Ji-Paraná e Halef Rodrigues Miranda de 27 anos também morador de Porto Velho, foram interrogados e apresentaram versões completamente diferentes dos motivos da viagem ao município de Guajará-Mirim.

Durante as investigações Weslei resolveu falar a verdade, e disse aos policiais que vieram ao município para buscar certa quantidade de substancias entorpecentes, mas durante a busca pela droga acabaram seqüestrando um motorista de aplicativo.

Enquanto Patrick contava detalhes do assalto, Weslei e Halef empreenderam fuga da base da Polícia Rodoviária Federal, embrenhando-se na mata, um deles Weslei acabou sendo capturado enquanto Halef conseguiu fugir.

Policiais Rodoviários Federais, Policiais Militares e outras equipes fizeram uma verdadeira varredura no local, mas o elemento não foi localizado.

Na bagagem dos três indivíduos foi localizado o celular da vitima, e uma quantia em dinheiro de 400,00 (quatrocentos reais) que fazia parte da divisão entre eles, os dois foram encaminhados e apresentados na Delegacia Regional de Polícia Civil, onde estão à disposição da Justiça.

Fonte: Agora Guajará

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.