Header Ads

Header ADS

Vereador Kerling Brito emite nota e diz que não compactua com qualquer ato ilícito e por isso exigiu exoneração de servidor lotado em seu gabinete

 


Na tarde desta quinta-feira (11), o vereador do PDT, Kerling Brito se manifestou após receber com surpresa a informação da prisão de um assessor parlamentar lotado em seu gabinete.

O assessor foi detido na tarde de quarta-feira (10) em Ariquemes com uma grande quantidade de cocaína, o que deixou surpreso os demais assessores e o próprio vereador, que relatou que todos os servidores, no ato da contratação passam por uma avaliação rigorosa.

O vereador que está em seu segundo mandato relatou que honra seu nome e sua família e nunca compartilhou com atos ilícitos e deixou claro que agora cabe às autoridades competentes decidir o futuro de seu ex-assessor.

Por fim ele lamentou o ocorrido, mas a política do Gabinete quanto às ações que envolvem os seus servidores é de 'Tolerância Zero' e assim será com todos que se envolverem em qualquer tipo de delito.

Confira a nota

Nota de Esclarecimento do Vereador Kerling Brito (PDT)

O Vereador Kerling Brito (PDT) vem a público esclarecer que, ao tomar conhecimento do fato que envolveu um dos funcionários lotados em seu gabinete, não hesitou em solicitar a exoneração imediata do mesmo.

O vereador Kerling mandou exonerar sumariamente o assessor preso durante uma abordagem policial na cidade de Ariquemes com ilícitos ocorrido na última quarta-feira.

O Vereador ressalta que a contratação de qualquer servidor, só ocorre mediante a apresentação de certidões negativas que comprovem situação de regularidade do candidato à vaga, junto à Justiça.

No caso do servidor em questão, os documentos apresentados informaram o resultado de ‘nada consta’ e a contratação se deu normalmente, uma vez não haver, nada que desabonasse a conduta do trabalhador.

O vereador salienta que jamais teve conhecimento que ex-assessor possuía conduta criminosa e que jamais compactua com tal atitude.

Diante do acontecido, o parlamentar considerou por bem, exonerar o servidor que agora deverá responder pelos seus atos sem qualquer ligação com o gabinete do Vereador Kerling.

Agradecemos a compreensão.

Fonte: Assessoria

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.