Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Suspeitos de assalto usando Uber são detidos em Guajará-Mirim

 


Na manhã desta quinta-feira (18), Policiais Militares foram acionados até um comercio na Avenida Toufic Melhem no bairro Jardim das Esmeraldas, onde um adolescente de apenas 16 anos relatou que havia sofrido um assalto.

O menor disse que quatro elementos em um veículo Siena de cor cinza placa NDV 0330, invadiram o estabelecimento comercial dois deles armados, um com um revólver e o outro com uma escopeta.

Durante a ação delituosa, os elementos exigiam que o menor localizasse a chave e abrisse o cofre que estava no quarto, pois eles queriam o dinheiro.

O menor disse não saber onde a chave estava e os elementos levaram apenas um aparelho celular REDIMI 09 de cor celeste e a importância de 10 reais, em seguida empreenderam fuga tomando rumo ignorado.

Logo após o assalto, o Serviço de Investigação Vigilância e Capturas, e policiais civis de Nova Mamoré foram alertados que o veículo tinha seguido pela BR 425 sentido Porto Velho.

Uma equipe de policiais saiu em busca dos suspeitos, mas a equipe de Nova Mamoré conseguiu localizar o veículo que era conduzido por Marcos C. M de 34 anos, na base Cristal próximo ao Distrito do Iata.

Durante as investigações Marcos disse a Polícia que trabalha como a UBER, fazendo o transporte de passageiros entre os municípios de Guajará e Porto Velho.

Questionado o porquê o carro dele teria sido usado no assalto, ele informou que durante a manhã, recebeu um telefonema de Lucy O. E de 35 anos, que reside na esquina da Rua 08 com Castelo Branco, no Bairro Santa Luzia para pegar uma encomenda.

De acordo com Marcos, quando ele chegou à casa de Lucy o namorado dela, teria pedido o carro emprestado sob a alegação que iria comprar pão, mas seu retorno se deu muito tempo depois, o que causou estranheza, mas Marcos resolver seguir viagem até ser abordado por policiais na base cristal.

Com Marcos detido, Policiais Civis e Militares, com apoio de equipes de Nova Mamoré, juntamente com o Núcleo de Inteligência foram até a casa de Lucy, e conduziram como suspeitos do assalto, um menor de 17 anos e Leandro D. N de 28 anos, que alegaram que o assalto foi praticado na companhia de Tição e de outro cujo nome não foi relatado.

Vários objetos suspeitos foram apresentados ao comissário de plantão, e repassados a equipe de investigadores na Delegacia Regional de Polícia Civil.

Fonte: Agora Guajará

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.