Header Ads

Header ADS

Procuradoria do Município executa ex-Prefeito de Guajará-Mirim-RO

A advogada da Prefeitura Municipal de Guajará-Mirim-RO, Dra. Janaina Pereira de Souza Florentino entrou com pedido de execução contra o ex-Prefeito e Secretário de Obras do Município, Empresário e Advogado Antônio Bento do Nascimento.


Conforme a petição da advogada Pública o executado deve ao cofre público do município o valor de R$ 270.620,85 (Duzentos e Setenta Mil Seiscentos e Vinte Reais e Oitenta e Cinco Centavos).

O Processo é público e basta uma pesquisa no PJE RO através do número 0000230-57.2013.8.22.001 da 1ª Vara Cível de da Comarca de Guajará-Mirim-RO, verifica-se conforme o despacho publicado em 21/11/2018 que o processo foi arquivado sem baixa, e em 12/03/2021 através do pedido da Procuradoria o processo foi desarquivado e a petição pede a manifestação incidental com bloqueio de bens a fim de atender a intimação exarada nos autos.

A Advogada Pública requer na petição a Excelentissima Juíza de Direito da 1ª Vara Cível da Comarca de Guajará-Mirim a penhora de 500 cabeças de gados, e solicita a juntada da planilha de cálculos atualizada da dívida, apontando na petição que seu montante de devido atual é de 1.147.845,43 (Hum Milhão Cento e Quarenta e Sete Mil Cento e Quarenta e Sete Reais e Quarenta e Três Centavos).


O processo de execução contra o Antônio Bento foi desarquivado no dia 12 de março de 2021, e o próximo passo agora é a concretização da penhora dos bens, que segundo demonstrado pela advogada no site do TRE, o então candidato declarou 12 milhões em patrimônio.

Vamos aguardar a decisão judicial, pois, se houver a penhora dos bens quem ganha é o município de Guajará-Mirim, que será beneficiado com recursos financeiros após os tramites legais.


Acesse o processo: 



Confira a petição na integra:








Fonte: Agora Guajará 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.