Header Ads

Header ADS

Ação conjunta da polícia recupera veículo roubado e prende quatro bandidos em Nova Mamoré

 


Um roubo aconteceu na tarde deste sábado (03), em uma residência em Porto Velho/RO, por volta das 14 horas, onde um veículo VW/Polo, placa OHWOG52, cor preto, foi roubado por bandidos.

Segundo Boletim Policial, as vítimas estavam fazendo faxina quando dois bandidos armados chegaram o anunciaram o roubo, em seguida eles foram amarrados, amordaçados e trancados no banheiro, os bandidos diziam que só libertariam as vítimas depois que o veículo fosse cruzado para o lado boliviano.

Ao conseguirem se libertar foi feito registro de ocorrência na Delegacia Especializada de Repressão aos Furtos e Roubos de Veículos, que logo emitiu comunicado para o Serviço de Inteligência e captura da Polícia Civil e Serviço de Inteligência da Polícia Militar de Nova Mamoré, que passaram a diligenciar próximo a ponte do Ribeirão.

Próximo a ponte foi visualizado o veículo com todas as características do que havia sido roubado, que foi seguido pelos policiais até nas proximidades do Parque de Exposições, foi realizado a abordagem, onde foi constatado que era veículo roubado em Porto Velho, ele era conduzido por Fábio H. M. S., 24 anos, que relatou aos policiais que a pessoa de nome “Rodrigo” teria lhe contratado para conduzir o veículo roubado de Porto Velho até Nova Mamoré e que receberia pelo serviço a quantia de R$ 3.000,00 reais.

Outro veículo que vinha na frente do Polo foi abordado por suspeita de estar fazendo acompanhado do veículo roubado, fato que logo foi confirmado. No veículo, modelo Sandero, cor cinza, estavam João K. P. C., 32 anos, Emerson O. S., 20 anos e Gabriel H. N., 19 anos.

Emerson informou que é proprietário do veículo Sandero, porém teria cedido a condução do veículo a João devido ele ser habilitado, informou que receberia R$ 400,00 reais pela cedência e João R$ 200,00 reais pela condução do veículo e para trazer Gabriel até Nova Mamoré.

Durante registro, a vítima do roubo reconheceu os conduzidos Fabio e Gabriel, que inclusive teria agredido a vítima, Gabriel teria mantido contato com a vítima dias antes, ocasião em que perguntou se o veículo possuía sistema de rastreamento.

Diante da materialidade e dos fatos, depois de cientificados de seus direitos constitucionais, os quatro receberam voz de prisão, em seguida foram conduzidos juntamente com os dois veículos apreendidos e os objetos relacionados até a UNISP, onde após registro de ocorrência, foram apresentados a autoridade policial judiciária.

Fonte: Mamoré Agora

 

 

 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.