Header Ads

Header ADS

Agora Guajará: Com arma adquirida em Guajará-Mirim mulher mata homem e é presa por policiais da Delegacia de Homicídios de Porto Velho

 


Érica Lopes Pedrosa, 32 anos, foi presa preventivamente na manhã desta terça-feira (21), por policiais da Delegacia de Homicídios de Porto Velho. Ela confessou ter matado a tiro André Marinho de Oliveira, na noite do dia 5 de agosto deste ano em frente uma residência, localizada na Rua Alexandre Guimarães, bairro Jardim Santana, na zona leste da capital.

Na noite do crime, André havia acabado de sair da casa de uma amiga. No meio do trajeto, ele foi surpreendido por Érica, que estava armada.

Ao olhar para trás, André foi alvejado com um disparo de arma de fogo de fabricação caseira próximo ao peito e morreu na hora. Após o crime, Érica saiu do local.

Durante as investigações, os policiais confirmaram através de imagens, que Érica acompanhou de perto todo o trabalho da policial no local do crime. Ela estava no portão de uma residência, bem em frente onde o corpo de André estava caído.

Com o avanço das investigações, ela foi identificada, o delegado André Tiziano representou pela prisão preventiva dela e a justiça deferiu.

Nesta manhã, ela foi localizada e presa em uma feira, localizada na Zona Sul da cidade, onde ela trabalhava.

Presa, ela relatou aos policiais que recebia várias ameaças de André, e por conta disso resolveu matar a vítima.

Sobre a arma de fabricação caseira, usada do crime, Érica afirmou que trouxe do município de Guajará-Mirim, e após matar André jogou fora.

Érica foi ouvida, e encaminhada para o sistema prisional, onde ficará à disposição da justiça.

Fonte: Rondoniagora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.