Header Ads

Header ADS

Semana Nacional de Trânsito é aberta em Guajará-Mirim com a presença de várias autoridades

 


Na sexta-feira (17), o chefe da CIRETRAN de Guajará-Mirim, Ronie Von Barros, juntamente com a Coordenadora de Educação de Trânsito no município professora Ely Sandra Carvalho, abriram a semana nacional com a presença de várias autoridades, além de professoras e diretores da rede municipal e estadual e alunos do colégio Tiradentes.

O evento contou com a presença do o Secretário Executivo Regional da Casa Civil de Guajará-Mirim e Nova Mamoré Coronel Flávio Derzete, da Coordenadora Regional de Educação professora Eunice de Oliveira, representantes do Exercito, Polícia Militar (Ten. Maicon) e o comandante da Polícia Ambiental (Ten. Mozer).

De acordo com chefe da 1ª CIRETRAN o excesso de confiança e o desrespeito têm colaborado com o aumento de acidentes em Rondônia, e, mas de 70% dos acidentes que ocorrem no Estado são por falha humana, seja imperícia ou por desrespeito à legislação de trânsito.

O Secretário Executivo Coronel Derzete, disse que as pessoas precisam ter mais consciência no trânsito, que respeitam um ao outro, pois a falta de um comportamento adequado no trânsito tem provocado muitos acidentes, e a maioria dessas pessoas acabam indo para o Hospital e Pronto Socorro João Paulo II, passando por meses em tratamento, quando não ficam sequelados ou então morrem, causando uma grande perda à família.

A Coordenadora Educacional da CIRETRAN Ely Sandra Carvalho, disse que essa iniciativa não é uma campanha para comemorar e sim para conscientizar a população da necessidade de mudança de comportamento no trânsito. “O Brasil ocupa, em termos absolutos, a quarta colocação no mundo em números de mortes no trânsito, ficando atrás somente da China, Índia e Nigéria”.

Ela citou que a campanha deste ano tem como tema, “No trânsito, sua responsabilidade salva vidas”, e chamou a atenção da sociedade para a problemática do trânsito e ressaltou o custo emocional e financeiro que os acidentes causam para as pessoas e para o poder público.





Fonte: Assessoria

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.